Vídeodrome: Graforréia Xilarmônica

Vocês já devem ter reparado que essa seção se dedica a bandas que a redação gosta. É meio (totalmente) óbvio. Sendo assim, um dos capítulos tinha que ser com a Graforréia Xilarmônica. Um caso a ser estudado na música já que é pop dançante com pegada sessentista e brega, tem excelentes letras, mas nunca vendeu o tanto que merece e nem circulou Brasil afora como tantas outras de qualidade inferior.

Na primeira audição já fica claro a dita pegada sessentista do trio Frank Jorge, Carlo Pianta e Alexandre Birck. Influência declarada da banda junto com o bom humor das letras. Muitas voltadas ao amor, como “Pensando Nela”, música original da banda Hollies e gravada por Golden Boys e Roupa Nova, e que é a cara da Graforréia. Mas também há canção dedicada aos animais, como em “Beethoven”, a estrelas da televisão e cinema como em “Mixto Quente” e as referências passeiam por futebol, quadrinhos e a vida cotidiana. Aí entra um capítulo a parte que são as referências a cultura gaúcha como em “Benga Minueto” e “Amigo Punk”. Essa última um clássico total.

Capa de Com Amor, Muito Carinho. Demo lançada em 1988.

Já na demo Com Amor, Muito Carinho lançada em 1988 várias músicas se destacavam e seriam lançadas nos discos Coisa de Louco II (1995) e Chapinhas de Ouro (1998), os discos de estúdio. O Coisa de Louco II é obra do também gaúcho Carlos Eduardo Miranda que comandava a Banguela Records (encabeçada por integrantes da Titãs) e sabia que o material era bom. A banda chegou a rodar bem na MTV na época. No disco estão “Amigo Punk” regravada por Wander Wildner e “Nunca Diga” regravada pelo Pato Fu.

A carreira errática da banda chegou ao fim em 2000 no Bar Ocidente, famoso na capital gaúcha. Posteriormente a banda ainda se reuniu algumas vezes para shows e festivais como o Morrostock e Lollapalooza. Ensaiaram um retorno definitivo que rendeu o single Graforréia Xilarmônica 25 anos com duas músicas em 2012, mas não passou disso.

Apesar dos vídeos com a banda serem escassos, chegaram até a lançar clipe da música “Eu”, que você pode assistir abaixo.

Além de inúmeros clássicos como “Empregada”, “Colégio Interno”, “Você Foi Embora” e a já citada “Amigo Punk”, a banda ainda gravou a demo Álbum Homem Branco que além de músicas inéditas conta com versões para músicas conhecidas. A banda foi e é influência direta pela sonoridade e letras para inúmeras bandas gaúchas que vieram depois.

Entre os raros momentos em vídeo disponíveis na internet o destaque vai para o show Projeto Discografia Pop Rock Gaúcho – com a banda em formato quarteto com Frank Jorge, Carlo Pianta, Alexandre Birck e Marcelo Birck – onde a banda toca o Chapinhas de Ouro na íntegra e também músicas do Coisa de Louco II. Se você chegou até aqui e já ouviu os discos nos links disponibilizados acima, vai cantar muitos trechos das músicas.